quarta-feira, 10 de junho de 2015

O que são os carotenoides?


Os carotenoides são pigmentos encontrados na natureza, responsáveis pela coloração que vai do amarelo ao vermelho. Eles estão presentes em algumas espécies vegetais, na corrente sanguínea e em tecidos humano, porém o  corpo humano não é capaz de produzir estas substâncias e depende da alimentação para adquiri- las.
Algumas de suas funções são a absorção de luz, atividade antioxidante, diminuição do risco de doenças degenerativas e câncer e alguns a carotenoides têm a capacidade de converter-se em vitamina A no organismo.

Por que consumir alimentos com carotenoides?

Os carotenoides, mesmo não sendo produzido pelo organismo humano, são essenciais para evitar doenças e melhorar o sistema imunológico, além de auxiliar no bronzeamento natural, que dá um ar mais saudável a pele.
A carência de carotenoides, em adultos, pode provocar:
  • Distúrbios na percepção das cores
  • Sensibilidade à luz
  • Cegueira noturna
  • Problemas nas células da pele
  • Queda na resistência do sistema imunológico
  • Perda de Vitamina C
Já em crianças a falta de carotenoides pode atrapalhar o crescimento e desenvolvimento delas, além de aumento de chances de infecções e até mesmo cegueira irreversível. 


Alimentos que contém carotenoides
Existem aproximadamente 600 tipos de carotenoides, o betacaroteno é o carotenoide mais ativo no organismo humano. Vários alimentos apresentam essa substância, que funciona como um antioxidante que quando transformado em vitamina A age ativamente na recuperação da pele e auxilia na formação de melanina.  A recomendação é de que seja ingerido entre 15 mg e 25 mg de alimentos que contenham carotenoides, porém isso varia para cada pessoa. Existe também a possibilidade de ingerir carotenoides por meio de cápsulas, mas elas devem ser recomendadas por médicos que farão uma avaliação da necessidade do paciente.
Confira uma lista com alguns alimentos que possuem carotenoides necessários para o organismo humano.

  • Cenoura - O alimento mais famoso quando se trata de bronzeado perfeito. Interessante por ser o alimento mais rico em betacaroteno.
  • Abóbora- As semente são ricas em Vitamina E, podem ser consumidas como petisco.
  • Mamão - Contém em fibras que auxiliam no trânsito intestinal, facilitando a absorção dos nutrientes, além de ser rico em betacaroteno.
  • Goji berry -  O goji berry é uma fruta rica em vitamina C, por possuir ação antioxidante e anti inflamatória ajuda a equilibrar os níveis do colesterol no organismo, e aminoácidos que provocam diversos benefícios para o corpo, como mais energia, bom humor, fortalecimento de osso. É recomendado ingerir o goji berry pela manhã, ele pode ser encontrado in natura (Goji Berry) ou em cápsulas de Goji Slim e Goji Pro.
  • Espinafre -Contém betacaroteno e fibras além de boas quantidades de clorofila, substância essencial para o processo de desintoxicação e limpeza do corpo.
  • Laranja - Rica em Vitamina C, uma unidade por dia já é suficiente para atingir as necessidades diárias.
  • Água de coco - Rica em potássio, mineral fundamental para manter a hidratação da pele.
  • Batata Doce - Apresenta quantidades significativas de betacaroteno.
  • Castanha do Pará - Contém quantidades significativas de selênio, mineral importante para prevenção do desenvolvimento de câncer
  • Tomate - Rico em licopeno.

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Anuncie seu produto no Google com o Adwords


Você sabe o que é o Google Adwords? Pois bem, vamos dar uma breve descrição para que você possa entender melhor essa ferramenta. Adwords é o mais importante serviço de publicidade do Google “By Wihypédia” é onde você pode criar e gerenciar todos os anúncios que fizer como campanhas, redes, palavras, entre outros. O Google é uma excelente maneira de atrair clientes e fazer com que seu negócio pode ficar em ascensão na web por intermédio dessa ferramenta.  Para poder usar essa ferramenta é importante que você conheça alguns passos importantes que vão lhe ajudar a impulsionar seus negócios.
Anuncie seu produto usando o Adwords
Para que seu produto possa bombar na internet comece fazendo pesquisa de palavras chaves, classificações, maneira de anunciar e lances que cada palavra chave possui no sistema do Google.  Esses são elementos que podem diferenciar seu site para que tenha um número muito maior de acessos e visitantes para seu site. Saiba que é por intermédio da palavra chave que você vai dar maior impulso ao seu anuncio, ou seja, vai fazer com que apareça nos melhores lugares. O lance tende a aumentar se o termo for muito concorrido. Quando você usa as palavras chaves certas seu site passa a ter maior importância ficando em evidência o que vai fazer com que tenha maior acesso e aumente as vendas dos seus produtos.
Como cadastrar uma campanha no Adwords
Para cadastrar uma campanha no Adwords é preciso que você cadastre uma conta no www.gmail.com ou junto as ferramentas do Google, logo em seguida acesse o site www.com.br/Adwords, onde encontrará ao lado direito da tela o campo para que obtenha acesso a conta ou para efetuar o seu cadastro. Dentro das ferramentas do Adwords você encontrará as palavras chaves que são mais adequadas a sua marca, site e produto para que possa obter maior sucesso nas vendas através de acesso dos consumidores internautas.
Quanto custa uma campanha no Adwords?
O valor do investimento a ser feito em uma campanha do Google Adwords pode ser determinado por você, ou seja, normalmente a cobrança (seu CPC real) é menor que o lance do CPC máximo. Isso ocorre porque o valor máximo pago por você será o mínimo para manter o seu anuncio em evidência e os formatos que serão exibidos com o mesmo, como os sitelinks define no site oficial do Adwords. Se você quiser maiores informações basta acessar o site oficial do Google Adwords no link www.com.br/Adwords.  Vale lembrar que não existe valor mínimo para uma campanha no Google, no entanto se você desejar pagar via boleto bancário irá pagar o valor mínimo do boleto no valor de R$ 40,00, ou seja, um valor muito baixo se comparado a qualquer outro veículo de comunicação, certo?!

É possível obter retorno investindo pouco?
Sim, é possível ter retorno mesmo investindo pouco, uma vez que o seu retorno está baseado no que você investe, como por exemplo: se você investir R$ 40,00 por mês no Google seu retorno será x, se você investir mensalmente R$ 80,00 seu retorno será 2x. portanto, quanto maior for seu investimento maior será o seu ROI(mas é preciso que a campanha esteja bem otimizada). O Google é uma empresa aberta para todos que desejam usar seus serviços e obter retornos oportunizando todas as empresas.
Palestras gratuitas
Para esclarecer suas dúvidas e obter maiores informações a respeito do assunto você pode investir nas palestras de Google Adwords que você encontra de forma gratuita na internet. Elas são ótimas e podem abrir seus horizontes através de estratégias e dicas fundamentais para anunciar seu produto no Google Adwords.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Google Acadêmico

Precisa de ajuda em trabalhos escolares? Conheça o Google Acadêmico Conheça o Google acadêmico e veja como ele pode ajudar seus trabalhos escolares ou de faculdade A tecnologia tem transfromado cada vez mais nosso ambiente educacional, fazendo com que a ponte entre alunos, professores e conhecimento, seja cada vez mais curta. E hoje vamos falar sobre uma dessas inovações que pode com certeza revolucionar a sua forma de fazer trabalhos e adquirir mais conhecimento. Hoje vamos te explicar tudo sobre a ferramenta Google academico, como surgiu, como funciona e como utilizá-la. Acompanhe conosco

Google Acadêmico - do que se trata?

Indo direto ao ponto, o Google acadêmico é uma ferramenta simples que pode ajudar muito você a fazer trabalhos em sua escola, curso ou faculdade pois permite a você encontrar artigos acadêmicos com facilidade e rapidez. Extremamente útil está ferramenta do Google foi lançada em 2007 como repositório de teses, monografias e diversos tipos de pesquisa acadêmica. O serviço é gratuito, por isso você deve u para encontrar informações de qualidade para compor seu trabalho ou estudo. São recursos da ferramenta: Pesquisar diversas fontes em um só lugar Localizar artigos, resumos e citações Armazenar o artigo integral em sua biblioteca ou na web Ficar sabendo sobre os artigos principais de qualquer área de pesquisa Para entender o que é Google Acadêmico imagine um buscador simples e rápido para você pesquisar somente trabalhos e artigos acadêmicos. Esse é o objetivo dessa ferramenta, e o bom é que ele busca várias matérias diferentes, e vários assuntos relacionados, de uma forma rápida e sempre com conteúdo interessante. Para quem estuda é uma ferramenta ótima, porque sabemos que nem sempre é fácil achar referencia e artigos sobre determinado assunto.


Como funciona o Google Acadêmico

O Google Acadêmico fornece uma maneira simples de pesquisar literatura acadêmica de forma abrangente. Você pode pesquisar várias disciplinas e fontes em um só lugar: artigos revisados por especialistas, teses, livros, resumos e artigos de editoras acadêmicas, organizações profissionais, bibliotecas de pré-publicações, universidades e outras entidades acadêmicas. O Google Acadêmico ajuda a identificar as pesquisas mais relevantes do mundo acadêmico. Para acessar , clique no link: https://scholar.google.com.br É possível procurar por autor, ou mesmo por termo e artigo, bem parecido com a busca normal do Google mesmo. Os resultados que o Acadêmico mostrará a você aparecem por ordem de relevância; isto é, dependendo do número de vezes que tenha sido citado e das vezes que tenha sido encontrada a palavra que procurou, os livros aparecerão em uma posição ou outra.

Conclusão Embora o Google acadêmico seja uma excelente ferramenta, lembramos no entanto, que é sempre importante ter um análise crítica sobre o conteúdo de qualquer informação ou artigo. Devemos sempre nos perguntar se a informação adquirida pode ser aplicada e deve-se sempre verificar a fonte do artigo, a validade do artigo e a metodologia científica usada.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Dieta Dukan

Como muitas das dietas que chegam ao Brasil, a dieta Dukan veio dos Estados Unidos, onde foi lançada no livro “Eu não consigo emagrecer” de Pierre Dukan. Várias celebridades afirmam manter o corpo magro com o uso dessa dieta, e talvez esse seja outro motivo que a faça ser tão popular. Dividida em quatro fases, a Dieta Dukan se trata de mais uma dieta restritiva e hiperprotéica, com redução drástica de carboidratos. Quer saber mais? Continue a leitura.

Fases da dieta

1ª: Ataque – Essa deve ser a fase mais curta, usada para iniciar a perda de peso. Ela deve durar de dois a dez dias, dependendo da quantidade de peso que se quer perder. Nela, só se pode comer proteína animal, na forma de carnes magras, claras de ovos, queijos sem gordura, laticínios desnatados e deve se ingerir farelo de aveia todos os dias, além de água, chá e café sem açúcar. Com a falta de carboidratos, quanto mais se prolongar a fase de ataque, maior a probabilidade de você experimentar reações adversas como fraqueza e tontura por falta de energia.

2ª: Cruzeiro – Essa fase deve persistir até o alcance do peso ideal, para isso deve ser comer proteína em um dia e proteína e alguns vegetais no outro, respectivamente. Entre os vegetais cujo consumo é permitido estão principalmente verduras folhosas, brotos e legumes. Vegetais com alta concentração de carboidratos, como tubérculos, devem ser evitados.

3ª: Consolidação – Essa é a fase de preparo para a manutenção do peso. Ela deve ser mantida por dez dias a cada quilo perdido, e se continua basicamente comendo proteína e vegetais, mas sem alternância. Agora, são permitidos, além disso, uma fruta por dia (menos banana, uva ou cereja), duas fatias de pão integral por dia, duas porções de massa por semana, uma porção de carne de porco por semana e duas refeições contendo o que quiser por semana.

4ª: Estabilização – Pode-se voltar à rotina normal de alimentação, mas em todas as quintas feiras daqui pra frente você só poderá comer proteína animal. Além disso, deve continuar a comer o farelo de aveia todos os dias e beber muita água.

Outros alimentos proibidos

Na Dieta Dukan, o consumo de qualquer gordura – até as saudáveis, como azeite – está totalmente proibido. Isso inclui qualquer tipo de fritura, logo, as carnes devem ser consumidas grelhadas. Deve-se evitar o sal, e temperar os alimentos com ervas e outros condimentos, já que ele retém líquido e dificulta a perda de peso. Açúcar deve ser evitado e substituído, se for o caso, por adoçantes.

Vantagens e desvantagens

Por um lado, a dieta requer maior criatividade na cozinha para não enjoar dos alimentos muito restritos. Por outro, o pouco consumo de carboidratos levará à fadiga e fraqueza, já que esta é a principal fonte de energia do corpo humano. Se a fase de ataque for muito prolongada, poderá haver deficiências vitamínicas, que causam diversas doenças, e haverá falta das fibras vindas das frutas e vegetais, causando prisão de ventre e desconforto abdominal. 

quinta-feira, 26 de março de 2015

Prouni: Como funciona? Quem pode fazer?

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa do Governo Federal que tem o objetivo de ampliar o acesso à educação no Brasil por meio da oferta de bolsas de estudos parciais (no valor de 50%) e integrais em faculdades particulares. O programa foi criado no ano de 2005, e são realizados dois processos seletivos por ano, um por semestre.

Quem pode participar?

O Prouni possui duas modalidades de seleção: regular e das bolsas remanescentes. Nos dois casos, para concorrer à uma das bolsas, o candidato precisa obedecer a alguns pré-requisitos: Não possuir diploma de curso superior Ter cursado o ensino médio integralmente em escola da rede pública, municipal ou estadual Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, ou seja, particular na condição de bolsista integral; Ter cursado o ensino médio parte em escola da rede pública e parte em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola privada; Ser portador de deficiência Ser professor da rede pública de ensino, atuando no magistério da educação básica. Nesse caso, o candidato deve concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Além disso, é importante deixar claro que todas as bolsas, sejam elas parciais ou integrais estão condicionadas à renda, já que o programa pretende aumentar o acesso aos cursos superiores principalmente por alunos de baixa renda. Ou seja, para concorrer à uma bolsa integral, o aluno deve possuir renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para as bolsas parciais, o valor é de até três salários mínimos por pessoa.

Bolsas remanescentes Prouni

Se não forem preenchidas todas as bolsas no processo seletivo regular, o Prouni oferece e a possibilidade de serem ocupadas por um processo seletivo remanescente. Nesse caso, os candidatos obecem aos mesmo pré-requisitos anteriores.

Prouni e Enem

Além dos requisitos que citamos anteriormente, uma das condições para concorrer à uma das bolsas do Prouni é a realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. O exame é importante para a classificação no processo seletivo para as bolsas. No caso do processo seletivo regular, o candidato deve ter realizado do Enem no ano anterior a inscrição e ter obtido nota média igual ou superior a 450 nas provas e não ter zerado a redação. Já no caso da vagas remanescentes, o candidato precisa ter realizado o Enem em anos superiores ao de 2010, ter obtido nota média igual ou superior a 450 nas provas e não ter zerado a redação.

Prouni e Fies

Além do Prouni, o Governo Federal possui outro programa que também pretende aumentar o acesso as universidades e aos cursos superiores, é o Fies, o Fundo de Financiamento Estudantil. Apesar de possuírem o mesmo objetivo, o Fies funciona de maneira diferente. Ele oferece a possibilidade de financiamento para custear o valor pago na mensalidade dos cursos superiores. O candidado ao Prouni que não conseguir uma bolsa integral, pode financiar o valor restante pelo Fies. Inscrições Todo o processo seletivo, incluindo inscrições, documentação e resultados, do Prouni é feito pela internet, no site: http://siteprouni.mec.gov.br/. Até a próxima pessoal!

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Cursos rápidos de férias - Grátis

Cursos rápidos de férias

Sem dúvida é uma excelente chance de sair na frente dos seus concorrentes em busca de uma vaga de emprego.

Só no SENAC de São Paulo são 4 mil vagas rápidas disponíveis e grátis, porém algumas outras instituições também disponibilizam este tipo de curso de férias, que são uma espécie de intensivo, porém com um custa a parti de R$ 100,00.

Geralmente nas férias a gente vai pra praia, ou sai para algum outro lugar para variar um pouco e sair daquela rotina do dia a dia, porém que quer melhorar sua posição no mercado de trabalho aproveita as férias aonde a maioria para tudo, para se especializar e adquirir novos conhecimentos. Os dados da FIPE e CATHO indicam que no mês de Janeiro 2014 foram 7 vagas disponíveis para cada 10 candidatos o que significa que é preciso estar qualificado, tanto na área de informática como outras áreas fundamentais.



Os cursos rápidos ajudam o profissional a entrar  com mais facilidade no mercado de trabalho e duram de uma semana a um mês, só no SENAC São Paulo são disponibilizados mais de 240 cursos grátis oferecidos durantes as férias, os mais procurados são: Moda, Gastronomia, Nutrição, Hotelaria e Eventos.

A consultora em Educação, Fátima Motta falou sobre Cursos rápidos e afirmou que são cursos que abrem diversos horizontes na vida das pessoas, desenvolvem novas habilidades que muitas vezes nem mesmo a própria pessoa sabia que tinha e podem se tornar um diferencial até mesmo perante os olhos da empresa que você trabalha, pois é uma pessoa que se atualiza, se reclica e está sempre buscando melhorar, muitas vezes conseguindo um cargo melhor e consequentemente um salário melhor.

Fátima diz também que é interessante buscar conhecimento até mesmo em áreas que não tem exatamente tudo a ver com aquilo que você já faz, abrindo assim um leque maior de possibilidades em sua carreira e quem sabe até descobrindo que a área que você atua não é exatamente aquilo que você gosta, muitas vezes a pessoa se encontra fazendo um curso rápido e posteriormente pode buscar aprimorar-se naquela determinada descoberta, afinal de contas o importante é trabalhar naquilo que você gosta para que por vezes até mesmo nem parece que você está trabalhando.

Se você busca ser um empreendedor, ou seja, abrir sua própria empresa, é interessante fazer cursos de liderança, pois um empresário precisa ser líder, precisa saber liderar. Cursos rápidos devem servir apenas para servir de estímulo para você se descobrir, mas é preciso buscar maiores conhecimentos para ser mais valorizado no mercado.